segunda-feira, 11 de abril de 2016

Criatividade na Produção Online

Em palestra ministrada para os alunos do curso de Comunicação Social da Faccamp (Faculdade Campo Limpo Paulista) em 30 de março de 2016 (quarta-feira), Fábio Marra, editor de fotografia, e Mário Kanno, editor de arte, ambos do jornal Folha de S. Paulo, falaram sobre a profissão de jornalista no cenário atual.


Para termos sucesso é precisou ousar mesmo que falha.

A palestra de Fábio Marra, editor de fotografia da Folha, abordou dois tópicos – o Jornalismo Digital e o Fotojornalismo, sendo iniciada e finalizada com uma dinâmica. A ideia era demonstrar, na prática, a necessidade de criatividade, planejamento, trabalho em equipe e racionalidade para alcançar um objetivo em qualquer atividade e afastar os males da produtividade: a limitação criativa e o pensamento lateral.

Por fim, uma reflexão: todo dia é uma nova oportunidade para tentar. E quanto mais tentarmos, mais a chances de acertarmos. Não somente no Jornalismo como em tantas outras profissões, se você se sentir desafiado pelo seu trabalho, nunca irá evoluir.

Jornalismo Digital

Deixando as brincadeiras filosóficas de lado, discutimos muito sobre as técnicas do Jornalismo Digital, tão presente nos dias de hoje, em constante transformação, mas ainda praticado com tanto amadorismo.

A chegada da internet facilitou muito a busca por pautas. Antes ou depois de ir a campo, o jornalista passa por um processo mental para produzir conteúdo para a mídia online. Fazem parte deste processo:
  • Navegação;
  • Interação;
  • Possibilidades;
  • Layout;
  • Execução.
Tanto ao escrever para sites e blogs quanto para redes sociais, o conteudista precisa estar sempre pensando no diálogo entre diferentes mídias antes da realização da postagem (texto + imagem + vídeo + links).

Fotojornalismo

Em mundo onde todos tem uma câmera na mão, o fotojornalismo está se tornando uma profissão cada vez mais desafiadora. Como em tudo no Jornalismo, o profissionalismo e o amadorismo são distinguidos por numa tênue linha.

Num jornal tradicional, a motivação da foto pode acontecer de maneiras diferentes:
  1. Pautada pelas editorias diversas;
  2. Pautada pela editoria de fotografia;
  3. Pautas especiais pela redação ou pelo fotógrafo.
Diferenciais do Fotojornalista
  • Ousadia: prever situações;
  • Coragem: não ter medo de correr riscos;
  • Iniciativa: não esperar ordens;
  • Qualidade técnica: investir em aperfeiçoamento e estar sempre atualizado é obrigação do profissional;
  • Qualidade gráfica: enquadramento e ângulo;
  • Imaginação: fugir do convencional.

Infografia e Narrativa Visual

Mário Kanno, editor de arte da Folha, entrou em seguida de Fábio Marra, aprofundando conhecimentos no jornalismo gráfico e visual. O que mais gostei na palestra é que o tempo todo ele demonstrou o que falava com recursos visuais (infográficos, prints de redes sociais, tabelas, etc), além de apresentar um panorama da presença do texto x imagem na história da comunicação (que certamente foi um dos meus momentos favoritos da palestra).

A imagem também é informação jornalística

No constante conflito entre o que merece destaque numa página de jornal, Kanno resumiu de uma forma bem simples: “mostre o que é mais importante na matéria”.

Contar
Mostrar
TXT
IMG

Além disso, frisou constantemente que jornalismo não é só fazer texto. Todos os integrantes de uma redação são jornalista – seja na área de fotografia, reportagem, editoração e tudo mais.

Pense Visualmente

Antes, dava-se prioridade ao texto, em seguida vinham os recursos gráficos como uma forma de apoio ao texto. No mercado atual – referindo-se a empresas que acompanham a modernidade, pauta e edição trabalham simultaneamente. Isto por que temos que nos adequar ao perfil do consumidor, e o consumidor atual prioriza o conjunto: texto + imagem, apresentação visual. Num jornal feito por profissionais, tudo é contabilizado de acordo com as métricas.

O que o Leitor Vê
  • 80% Infográficos
  • 75% Fotos
  • 56% Títulos
  • 52% Anúncios
  • 31% Notas
  • 29% Legendas
  • 25% Texto
A ilustração também tem um papel importante no jornal quando é pensada para informar, sinalizar ou como uma metáfora. Em resumo, antes de executar a pauta, deve-se pensar em como mostrar aquela informação visualmente, não somente em texto.

0 comentários:

Postar um comentário

Created By Sora Templates