sexta-feira, 15 de abril de 2016

Comportamento Acadêmico

Ás vezes é bom acontecer algumas coisas na nossa vida para nos trazer de volta à terra, nos colocar em nosso lugar, nos fazer pisar no chão. Acho que eu estava um tanto avoada e é horrível quando fazemos as coisas sem pensar, com a cabeça quente, baseados em emoção. Depois a gente se arrepende, aí não adianta lamuriar.

Estou um tanto desgostosa com o mercado de trabalho e a faculdade me parece cada vez mais maçante. Acho que venho me queixando disso a mais ou menos um ano. De todos os professores, um ou outro se destaca, o restante me parece que tem ideias ultrapassadas, seja sobre a visão do mercado de trabalho, seja na metologia de ensino.

E a concorrência é grande no mercado de Comunicação, ganha aquele que sabe persuadir, que tem mais a oferecer do que um "bom trabalho". Infelizmente, 4 anos de estudos para te graduar, mas não te prepara para a realidade do mercado.

Nos últimos semestres, não consegui me dedicar às aulas práticas ou aos trabalhos em grupo. Estresso-me facilmente e fico irritada quando a aula não é proveitosa. Desde que este semestre teve início, não percebi um avanço no conteúdo em duas disciplinas diferentes. Injuriada, enviei um e-mail para a coordenadoria.

Resultado: a coordenadora me disse que quando tiver uma reclamação devo falar com ela pessoalmente. Um professor falou abertamente com a classe sobre o conteúdo da disciplina e deu uma boa justificativa quanto a programação. Já o outro me chamou para conversar fora da sala de aula e queixou-se do meu comportamento, segundo ele, anti-ético.

Fiquei muito triste, pois não tinha a intenção de prejudicar o trabalho de ninguém. Só então tive noção da consequência dos meus atos. Tem quem ficou satisfeito, pois houve uma reestruturação das aulas, mas quem teve que ouvir foi eu.

Será que aguento mais um ano nessa?


0 comentários:

Postar um comentário

Created By Sora Templates