segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Contadora de Histórias

Pois é. Sou eu.

Já que estou de bobeira, pensei em fazer trabalhos voluntários. Na realidade, já havia pensado nisto antes, mas não tive oportunidade de realizar esse desejo. Não me deixaram ser bibliotecária da escola. Fiquei com vergonha de me candidatar para dar aula de reforço de português na escola. Tentei montar um grupo de teatro que, por falta de cooperação do pessoal, foi por água abaixo. Tentei montar um grupo de dança, mas ninguém quer ver dançarinas do ventre em uma formatura. E não dá para eu fazer apresentação sozinha, pois não comprei minha roupa.

Aí eu desisti da ideia. Mas então ela ressurgiu. Fiz uma busca na internet, e tudo o que encontrei foi "seja doador de esperma!", "contribua com tal quantia!", "ajude-nos a tirar os animais da rua! Se ver um cachorro traga-o para cá" e serviços em hospitais, etc.
Então, mandei uma mensagem para alguns amigos que eu sei que têm bastante contatos. E eis que a bibliotecária da cidade entrou em contato comigo dizendo que as escolas municipais da cidade costumam ir visitar a biblioteca, e as criancinhas gostam que leiam histórias para elas.
Então, durante a semana que vem eu irei contar histórias para cerca de 250 crianças. Adorei a ideia, nada mais gratificante para uma escritora. Eu podia até escrever alguma historinha e levar para elas. Não estou tão animada com o fato de serem crianças, pois não tenho muita paciência e não consigo ser engraçadinha. Mas adorei a ideia de contar histórias.
Aliás, envolver-me com crianças vai me ajudar a superar alguns dos meus medos. Tipo a timidez, a inibição. E vou aprender a ser mais simpática também, não? Ah, e preciso desenvolver minha expressão facial, pois vou ter que fazer caras e bocas.

Ei, se tem alguém aí que gosta de crianças e sabe lidar com elas, comentem aí.Vou ficar louca se aqueles pequeninos fizerem alguma algazarra.
A ideia que tenho em mente é ver todos sentadinhos com os olhos colados em mim, compreendendo a história perfeitamente, rindo quando é para rir, e soltando exclamações vez ou outra.

0 comentários:

Postar um comentário

Created By Sora Templates